segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Dicionário Convir


Numa casa amontoada, e um transito
De olhares estranhos, sedentos, sequiosos... De um requisito,
Livremente passeiam, sem perceber suas gaiolas
Pois ao significado, que passeou e conheceu,
A herança residiu, como um legado que se fez; não morreu
Em meio a tanto desprezo da própria terra
Entregou seu sentimento e sentido a esta casa.
Foi entregue o mapa dos trajetos
Pois Ele sabia a consequência de seus atos!
27 / 12 / 2011

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Xadrez : Segredo de uma vida em Guerra




Esquivando notório do ócio
Me apanhei no acúmulado equivoco
Na página das coisa alheias
Frutos de uma enganoso coração.

Aquele ofegante respirar contempla
A miragem clara de uma armadilha
Palavras ou estratégias tomadas sem rumo
Se torna favoraveis a um infortúnio!

Só por um instante, instintos subiram
Acreditaram que suncubiram uma alma
Com cartas de uma normalidade fútil
Para inventarmos desculpas para tais coisas!

Isso é uma guerra armada até os dentes!
Cada toque distorcido precede a trégua
Mas ainda resistente a mente vazia,
O socorro chega na vespera de uma prisão perpétua!

09 / 08 / 2012